sexta-feira, 18 de março de 2016

RECEITA DE BACALHAU À MODA DO TUÍS


Hoje teremos aqui uma receita super simples e rápida de se preparar.

Ingredientes:
  • 300 gramas de lombo de bacalhau dessalgado
  • 2 dentes de alho descascados
  • azeite de oliva
  • alecrim
Preparo:

Atenção, não use azeite extra virgem nesta receita, pois ele pode deixar o gosto da comida amargo.

Corte o lombo de bacalhau em 4 partes, e coloque-o no menor refratário que tiver, em que possa caber tudo.

Pegue um dos dentes de alho e corte-o pela metade, colocando cada uma delas no fundo do refratário.

Esprema o outro dente de alho e distribua em cima dos pedaços de bacalhau.

Coloque um pouco de alecrim sobre os pedaços de bacalhau e no fundo do refratário.

Vire azeite de oliva sobre o bacalhau até que no fundo do refratário tenha cerca de 1 centímetro de azeite.

Pré-aqueça o forno a 240 graus Celsius e ponha o refratário com o bacalhau passar assar por cerca de 45 minutos.

Sirva com arroz branco

Tempo de preparo: 60 minutos

Serve 2 pessoas

O azeite que sobrou no fundo do refratário pode ser colocado sobre o arroz, em salada de folhas verdes, sobre pão ou torradas antes de assá-las.

Para você que gosta de bacalhau, gostaria de deixar minha recomendação de um livro:

segunda-feira, 14 de março de 2016

LIVRO : NEGOCIANDO RACIONALMENTE



Título do livro: Negociando racionalmente

Autor: Max H. Bazerman e Margaret A. Neale

Editora: Atlas

ISBN: 978-85-224-1991-3

Minha percepção sobre o livro: Neste livro você encontrará mais lições sobre como negociar. Enquanto outros livros mostram fórmulas sobre como levar vantagem em uma negociação, este livro vai além, mostrando também o impensável: quando você deve desistir de uma negociação. São citadas diversas experiêncais que foram realizadas, mostrando ainda o mecanismo do pensamento usado pelas pessoas para chegar em suas escolhas. É um livro muito interessante, e sua leitura é recomendada para todos, especialmente para aqueles que trabalham na área comercial.

Você pode comprar este livro no site abaixo:

sexta-feira, 11 de março de 2016

DESENVOLVIMENTO PESSOAL - TORNANDO SEUS PLANOS POSSÍVEIS - PARTE 2

Querer dar conselhos para os outros quando se está bem de vida, é muito fácil. É por isso que estou escrevendo este artigo em um dos momentos mais difíceis de minha vida. Quero mostrar para as pessoas todos os recursos que estou usando para sair da situação em que me encontro.

A primeira coisa que se deve fazer, é tentar manter sempre uma visão positiva da vida, acima de qualquer coisa. Se você não consegue ver perspectiva, você mesmo já fechou as portas para você.


Esta é a primeira vez que menciono esta frase aqui, mas não será a última: Se você não acredita que algo seja impossível, sua crença se manifestará na sua vida real, e aquilo se tornará impossível. Jamais diga qualquer coisa como: "eu nunca vou conseguir tal coisa".

As crenças são as criadoras dos limites.

Outra coisa importante, é perceber que você se encontra na situação que está hoje, por sua causa. Assuma a responsabilidade pela sua vida. Enquanto você culpar os outros pelas coisas que aconteceram com você, sua vida dificilmente mudará. Eu vivo me policiando em relação a isto. Sei que não é fácil.

Sem dúvida existem problemas ou situações negativas que são criadas por outras pessoas, contudo, entenda isso como uma complexidade que é adicionada à sua situação de vida, mas jamais entenda como um impedimento.

Jamais podemos ser ingênuos a ponto de ignorar que para o sucesso de nossos projetos de vida, muitas vezes dependemos de uma ou mais pessoas, ou de recursos externos. No entanto, isto é uma complexidade a mais.

Hoje quero comentar sobre um último tema, que trata sobre as pessoas que esperam ter tudo certo para então realizar um projeto. Dificilmente a condição ideal irá aparecer. É por isso que este tipo de pessoa nunca realiza nada.

Por hora, deixo algumas perguntas para você:
  • Você consegue identificar alguma crença que o esteja limitando ou impedindo de realizar alguma coisa?
  • Por qual motivo você está na situação que está hoje? Não estudou o bastante? Não trabalhou corretamente? Não se empenhou como devia?
  • Qual o seu projeto de vida? Em qual segmento da vida você deseja alcançar sucesso? Financeiro? Familiar? Amoroso? Intelectual?
Até a próxima publicação!

Texto : Wilson Luiz Negrini de Carvalho



domingo, 6 de março de 2016

FOTO DO MÊS (MARÇO/2016)


( Foto : Wilson Luiz Negrini de Carvalho )

Para você que gosta de fotografia e quer aprender truques essenciais para tirar uma boa foto, recomendo o livro abaixo:
 

sexta-feira, 4 de março de 2016

EMPRESAS ATACAM REPUTAÇÃO DE CONCORRENTES NA INTERNET

Já faz algum tempo que vi uma reportagem no jornal das 20 horas de uma rede de televisão francesa, que falava sobre empresas que tinham sua reputação atacada por seus concorrentes, através da Internet.

Com o poder das redes sociais, empresas passaram a criar perfis no Twitter, Facebook, Instagram, Pinterest,Tumblr e principalmente no Foursquare, que é uma rede social que permite cadastrar lugares e dar sua opinião sobre eles.

Contudo, como aquilo que é criado para o bem, pode ser usado na maioria das vezes para fazer o mal, empresas sem escrúpulos e sem ética, estão usando este poderoso recurso para estragar a imagem ou reputação de seus concorrentes.

A coisa funciona assim:

1-) A empresa sem ética cria um perfil falso na Internet, e às vezes até mais de um, usando um nome que não existe, e a foto de alguém.

2-) Em seguida, com aquele perfil falso, realiza "check-in" nas páginas das redes sociais dos lugares onde deseja atacar a reputação e faz comentários de todos os tipos, visando causar o maior prejuízo possível.

3-) Outras pessoas que visitam a página da empresa, se deparam com aqueles comentários, que no mínimo, causam dúvida na qualidade daquilo que se vende por lá.

Outras vezes, ocorre algo ainda pior:

1-) A empresa sem ética cria nas redes sociais um perfil falso usando o nome e fotos da empresa que quer atacar.

2-) Coloca informações erradas sobre endereço, e-mail e telefone de contato, fazendo com que o cliente ligue ou compareça em empresas concorrentes.

3-) Em outras circunstâncias, informa detalhes técnicos de produtos ou serviços de maneira completamente errada, dando a impressão de que falta competência ou conhecimento por parte da empresa.

4-) O visitante da página acaba entrando em contato com outra empresa, ou é induzido a acreditar que a empresa que está vendo naquele momento, não tem nível técnico adequado para vender o produto ou prestar o serviço.

Para minimizar a chance disto ocorrer, é necessária a ajuda de um profissional para:

1-) Monitorar frequentemente e identificar se algo está sendo veiculado na Internet sobre sua empresa que possa ser desfavorável.

2-) Tratar as incidências de coisas desfavoráveis, no intuito de removê-las, ou se não for possível, "corrigir" a percepção do cliente.

3-) Criar na Internet e redes sociais uma presença efetiva da empresa, refletindo a qualidade que se deseja mostrar ao cliente.

4-) Orientar a empresa no uso de recursos de Internet, para que eles sejam usados de maneira efetiva e criem a possibilidade de conseguir mais clientes.

5-) Ajudar a empresa a publicar fotos, filmes e textos de qualidade na Internet, com o intuito de melhorar a reputação da empresa.

Vale lembrar que isto serve não só para empresas, como também para condomínios, repartições públicas, eventos, lugares públicos, etc.

Caso precise de serviços e orientação sobre este tema, entre em contato pelo e-mail: sextosentidonet@gmail.com e receba um orçamento sem compromisso.

Apenas para demonstrar, abri minha conta do Foursquare e peguei como exemplo um restaurante aqui da cidade onde moro. Todas as informações que pudessem identificar a empresa ou qualquer pessoa que tenha feito os comentários, foram removidas das imagens.

Veja a página do restaurante no Foursquare (clique na imagem para ampliá-la):



Veja os comentários de alguns clientes (clique na imagem para ampliá-la):



Você comeria em um restaurante com estas avaliações?

Você sabe o que está sendo dito sobre sua empresa na Internet?

Pense nisto!

( Texto e imagens: Wilson Luiz Negrini de Carvalho )

quarta-feira, 2 de março de 2016

QUAL É A SUA RELIGIÃO ?


Todas as vezes que me perguntam qual é minha religião, eu respondo que entendo que Deus é algo tão imenso, que jamais caberia em uma única religião.

Reflita um pouco sobre esta frase que acabou de ler...

Mais do que nunca, o fanatismo e a intolerância religiosa estão ganhando terreno no Brasil.

Em junho/2015 li em um dos grandes jornais de São Paulo, uma reportagem que falava que uma garota de 11 anos de idade foi apedrejada na cabeça por dois fanáticos, quando ela saía de um culto de candomblé no Rio de Janeiro.

Há algum tempo, uma pessoa da minha família sofreu um acidente e fraturou o braço, e ouvimos de uma pessoa, que isto aconteceu porque não éramos da mesma religião que ela. Fiquei pensando... Quer dizer que aqueles que frequentam a religião desta pessoa não sofrem acidentes e não morrem? Simplesmente ridículo e absurdo.

Outra pessoa que estava tentando me convencer a mudar de religião me alertou: "somente cento e poucas mil pessoas serão salvas", e estes seriam os da religião dela. Lembrei-a que o número de adeptos da religião dela no Brasil ultrapassava os cento e poucos mil, e pedi explicações. Até hoje aguardo uma resposta.

Uma vez, quando passeava de moto à noite em São José dos Campos (SP), fui abordado por um grupo de "fiéis" no semáforo do cruzamento da Rua Paraibuna com a Avenida João Guilhermino. Eles tentaram a todo custo me fazer aceitar um convite para ir no culto deles. Quando viram que eu definitivamente não iria, começaram a gritar para mim que eu era um pecador, e era por este motivo que eles choravam por mim! Chorar por mim? O que é isso?

Já tive a oportunidade de frequentar religiões diferentes, e dentro da experiência que tive, ficou extremamente claro para mim que aqueles que mais querem se fazer de "santos", são os piores.

Negocia-se com o nome de Deus. Usa-se o nome de Deus para ferir direitos e liberdades. Pratica-se a discriminação de forma descarada, e muitos outros absurdos em nome de Deus. Todas estas são atitudes nada cristãs, praticadas por estes hipócritas.

A quantidade de vezes que ouço o nome de Deus ser usado por estas pessoas, para justificar as mais absurdas atitudes, é simplesmente ultrajante.

Já perdi a conta das vezes que li a Bíblia do início ao fim, e confesso que não me lembro de encontrar uma só passagem em que Jesus Cristo discriminava os outros pela religião que professavam, ou por qualquer outra coisa que fosse. Sua palavra era para todos.

Qual é a minha religião?

Não importa a religião que professo... O que importa são as minhas atitudes e minha consciência em relação aos atos que pratico.

( Texto : Wilson Luiz Negrini de Carvalho )

terça-feira, 1 de março de 2016

FRASES QUE GOSTO (MARÇO/2016)

Frases deste mês:
  • Quando uma pessoa se afastar de você, deixe-a ir. O seu destino nunca está amarrado a quem te deixa, e isso não significa que ela seja uma pessoa ruim. Isso significa apenas que a parte dela na sua história acabou.
  • Existem aqueles que dizem que podem fazer uma certa coisa e aqueles dizem que não podem fazê-la. Estão ambos certos, pois já fizeram suas escolhas.
  • Tento aprender do Passado, mas planejo o Futuro focalizando exclusivamente no Presente. - Donald Trump
  • Suba o primeiro degrau da fé. Você não tem que ver toda a escadaria, antes de subir o primeiro degrau. - Martin Luther King Jr
  • Um problema bem definido é um problema meio resolvido.